MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

OS CRIMES DA ORGANIZAÇÃO "FORO DE SÃO PAULO"‏

Siga-me no Twitter:

 

OS CRIMES DA ORGANIZAÇÃO "FORO DE SÃO PAULO"‏        
UMA PEQUENA APRESENTAÇÃO / INTRODUÇÃO ANTES DO TEXTO PRINCIPAL
O nome "Foro de São Paulo" é uma designação INÓCUA, um nome fantasia, apenas pra enganar TROUXA, e esconder o verdadeiro objetivo e a verdadeira natureza dessa organização CLANDESTINA!
Recebeu esse nome "Foro" pra não chamar a atenção, pra fazer parecer aos olhos da sociedade como se fosse apenas reuniões para discutir questões sociais, sem nenhuma pretensão totalitária, como um fórum de discussões gerais.
E recebeu a outra parte "de São Paulo" NÃO PORQUE ISSO SEJA UMA ORGANIZAÇÃO PAULISTA, ou fundada por paulistas, NÃO!
Derem o nome "de São Paulo" porque foi nessa cidade que eles realizaram a primeira reunião dessa organização.
Por isso, batizaram essa porcaria como Foro de São Paulo.
Mas ela é uma organização CUBANA, criada e fundada por LULA e Fidel Castro em HAVANA, capital de Cuba, e a sua primeira reunião foi na capital Paulista.
A cada ano eles se reúnem em uma cidade latino americana diferente, em diversos países.
O tal "Foro" é a COORDENAÇÃO ESTRATÉGICA DOS PARTIDOS DE ESQUERDA, CENTRO-ESQUERDA E DE EXTREMA ESQUERDA, mais as organizações terroristas guerrilheiras e narcotraficantes de toda a América Latina.
 
MUITO BEM, DEPOIS DESTA APRESENTAÇÃO INICIAL, COMO INTRODUÇÃO, VEJAM OS CRIMES DESTA ORGANIZAÇÃO, E ASSISTAM AO VÍDEO ANEXO EM SEGUIDA.

CINCO CRIMES DO FORO DE SÃO PAULO

Por Olavo de Carvalho
1) Deu abrigo e proteção política a organizações terroristas e a quadrilhas de narcotraficantes e seqüestradores que nesse ínterim espalharam o vício, o sofrimento e a morte por todo o continente, fazendo mesmo do Brasil o país onde mais cresce o consumo de drogas na América Latina.
2) Ao associar entidades criminosas a partidos legais na busca de vantagens comuns, transformou estes últimos em parceiros do crime, institucionalizando a ilegalidade como rotina normal da vida política em dezenas de nações.
3) Burlou todas as constituições dos seus países-membros, convidando cada um de seus governantes a interferir despudoradamente na política interna das nações vizinhas, e provendo os meios para que o fizessem “sem que ninguém o percebesse”, como confessou o sr. Lula, e sem jamais ter de prestar satisfações por isso aos seus respectivos eleitorados.
4) Ocultou sua existência e a natureza das suas atividades durante dezesseis anos, enquanto fazia e desfazia governos e determinava desde cima o destino de nações e povos inteiros sem lhes dar a mínima satisfação ou explicação, rebaixando assim toda a política continental à condição de uma negociação secreta entre grupos interessados e transformando a democracia numa fachada enganosa.
5) Gastou dinheiro a rodo em viagens e hospedagens para muitos milhares de pessoas, durante vinte e três anos, sem jamais informar, seja ao povo brasileiro, seja aos povos das nações vizinhas, nem a fonte do financiamento nem os critérios da sua aplicação. Até hoje não se sabe quanto das despesas foi pago por organizações criminosas, quanto foi desviado dos vários governos, quanto veio de fortunas internacionais ou de outras fontes. Nunca se viu uma nota fiscal, uma ordem de serviço, uma prestação de contas, um simulacro sequer de contabilidade. A coisa tem a transparência de um muro de chumbo.

Modelo do documento aqui neste link:
Role (desça) a tela, e abaixo do vídeo tem o modelo do documento. QUALQUER ELEITOR PODE PREENCHER E PROTOCOLAR NA JUSTIÇA ELEITORAL.

Depois vejam esses artigos da relação abaixo, TEM MUITOS LINKS de vídeo do You Tube dentro deles para assistir e áudios para ouvir, textos para ler, para ficar a par da situação e entender porque o Brasil chegou no ponto em que está:

Esquerda Hegemônica e Controle da Internet


Leiam as últimas postagens de Félix Maier:

QUEM É o marxista com influência por trás do presidente Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff?

QUEM É o marxista com influência por trás do presidente Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff?

 Marco Aurélio Garcia, o "top top"

A primeira frase resume tudo para aqueles que acham que estamos lidando com democratas, numa boa…ou fingem que estão achando!!


O VERDADEIRO ARQUITETO DO FORO DE SÃO PAULO - Marco Aurélio Garcia

"Temos que dar a impressão de que somos democratas. Inicialmente temos que aceitar certas coisas, porém isso não durará muito", declarou Marco Aurélio Garcia, o marxista com influência por trás do presidente Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, recordando que Fidel Castro teve que fazer o mesmo. Ou seja, dizer que era democrata e que não era comunista, para poder consolidar-se no poder até agora, 50 anos depois do golpe em Cuba!

Marco Aurélio Garcia esteve na Venezuela, dando uma mão a outro disfarçado de democrata, o falecido Hugo Chávez . Foi comprovar a chegada do petroleiro Amazon Explorer com 520.000 barris de gasolina procedente da empresa brasileira Petrobras. Essa ajuda brasileira era um projeto de Marco Aurélio Garcia. Quem é este homem que parece ser o poder, por trás do poder? Em uma entrevista para o jornal francês, Le Monde, Lula repetiu as mesmas palavras de Marco Aurélio Garcia, dizendo que "a democracia é só uma farsa para tomar o poder".

Desde 1969 até 1973, que ele era um ativista estrangeiro na política do Chile durante o governo de Salvador Allende. Allende foi eleito democraticamente, porém uma vez no poder perseguiu os jornais que não seguiam sua linha política e colocou a oposição sob controle. Um enorme carregamento de armas enviadas pelo governante de Cuba, Fidel Castro, para a "defesa da revolução socialista" foi descoberta na casa dele, Marco Aurélio Garcia. Um brasileiro foi a peça principal desta operação. Este foi o primeiro contato de Marco Aurélio Garcia com as operações cubanas .

Em 1980, Marco Aurélio Garcia fundou o Partido dos Trabalhadores (PT) com Lula da Silva. Desde sua fundação tem sido o conselheiro de assuntos internacionais.

Em 1990, Marco Aurélio Garcia convocou uma reunião de todos os grupos de esquerda da América Latina e do Caribe. Representantes de 48 diferentes partidos comunistas e grupos terroristas atenderam. Esta reunião converteu-se no chamado "Foro de São Paulo". Marco Aurélio Garcia não só foi seu fundador, como ainda hoje, todavia, continua sendo seu líder, ao cabo de 24 anos.

Como líder do Foro de São Paulo, Garcia controla e coordena as atividades subversivas do Rio Grande do Sul até a Patagônia. Vários membros do Foro de São Paulo são terroristas! Alguns estão na relação dos "Mais Procurados" do FBI. Porém não há nada estranho nisto. O Foro de São Paulo, sob os auspícios do seu líder, Marco Aurélio Garcia, tem como sua meta o apoio aos grupos terroristas .

No décimo Congresso, realizado em 7 de dezembro de 2001 ( 3 meses depois do atentado ao WTC), em Havana, RATIFICOU "a legitimidade, justiça e necessidade da guerra das organizações colombianas ELN e FARC, e nossa solidariedade com as mesmas".

O novo EIXO DO TERRORISMO começa em Cuba, segue para a Colômbia, onde é financiado pelo dinheiro sujo vindo do tráfico de drogas, segue para a Venezuela, onde conta com os bilhões do petróleo e termina agora no Brasil.

Marco Aurélio Garcia mostrou especial interesse no falecido terrorista Manuel Marulanda Velez, vulgo, "Tiro Fijo ", líder das FARC. Desde 1990, Garcia teve a prioridade de ter conversas pessoais com ele, Manuel Velez. Suas reuniões não foram só em Havana, sempre na presença de Fidel Castro, mas também no México, quando viajou para encontros com um dos dirigentes das FARC, Marco Leon Calara, em 5 de dezembro de 2000. Não se sabe sobre o quê falaram, mas depois de cada entrevista de Garcia com dirigentes das FARC, estas aumentaram seus ataques nas semanas seguintes com grandes perdas de vidas, em sua maioria de civis.

O que se espera do Brasil e do resto da região, quanto à política internacional sob a direção do assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Garcia, será desenhada em Havana, Cuba.

Marco Aurélio Savina Garcia trabalha continuamente com outros políticos marxista de outras nações e apóia publicamente o terrorismo internacional.

CURTA AS PAGINAS ABAIXO, E SAIBA SEMPRE A VERDADE
União Nacional Dos Intervencionistas
GRUPOS
https://www.facebook.com/groups/159186824289629/?ref=ts&fref=ts

sexta-feira, 27 de março de 2015

As 93 mentiras do PCdoB

As 93 mentiras do PCdoB

Félix Maier

Na propaganda eleitoral do PCdoB, que foi ao ar no dia 26 de março de 2015, o PCdoB repetiu sua mentira preferida: que a entidade tem 93 anos de existência.

O PCdoB foi criado em 1962, como dissidência do PCB. Em 1922, foi criado o Partido Comunista - Seção Brasileira da Internacional Comunista (PC-SBIC), que depois passou a ser denominado Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Na mesma propaganda, em que o PCdoB se posicionou contra o impeachment de Dilma, o governador Flávio Dino, do Maranhão, falou uma grande mentira com a cara mais lavada do mundo. Disse o Dino Sauro que "o PT mudou o Brasil desde 2002". Ocorre que em 2002 foi o último ano do segundo mandato de FHC, não o primeiro de Lula.
Já são 93 anos de mentiras dos comunistas no Brasil, além de derramamento de sangue, como o ocorrido em 1935, com 32 militares mortos (alguns assassinados enquanto dormiam no quartel) e cerca de 1.000 civis, também mortos. Durante os anos de dinamite, nas décadas de 1960 e 70, os comunistas tentaram impor ao País um regime nos moldes cubanos ou chineses, deixando um saldo de 120 mortos - além de serem os verdadeiros responsáveis pela morte e desaparecimento de centenas de pessoas dentre suas hostes.
Os símbolos do PCdoB e do atual PCB (renascido depois da dissolução do antigo PCB, que virou PPS) - a foice e o martelo - deveriam ser proibidos para sempre no Brasil, por representar uma ideologia assassina que deixou mais de 100 milhões de mortos ao redor do mundo. A lei brasileira, que proíbe, corretamente, o uso e a divulgação de símbolos nazistas, está incompleta. Precisa incluir urgentemente os símbolos comunistas como crime contra a humanidade - como foi feito com o nazismo em todos os cantos do planeta.
 
 

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Dia das Crianças: compre a boneca Bombie. Na versão Colina e VAR-Palmares...


A VERDADEIRA FACE DO PT

A VERDADEIRA FACE DO PT

(Osmar José de Barros Ribeiro - tenente-coronel reformado do Exército

em 09 Out 20214

As páginas amarelas da revista Veja (edição 2394), sob o título “O candidato sincero”, apresenta entrevista feita com o candidato do Partido Verde (PV) à presidência da República nas eleições do corrente ano, Eduardo Jorge, que obteve 0,61% dos votos válidos. Médico sanitarista, sua trajetória política não é desprezível: deputado estadual, deputado constituinte, secretário municipal em quatro gestões (PT, PSDB, DEM), ainda hoje reside na mesma casa que comprou nos anos 1980. Aos 64 anos possui, inegavelmente, uma trajetória de vida pautada por princípios, inclusive políticos, quer concordemos ou não com eles.
A certa altura, a entrevistadora faz uma pergunta (P) cuja resposta (R) dá causa ao presente artigo:
P- Vou citar uma frase sua de 2003, da sua carta de desfiliação ao PT: “O PT foi e continuará sendo um importante partido para o bem e para o mal do Brasil”. O senhor saiu porque percebeu que o partido seria um mal para o Brasil?
R- Eu perdi a confiança na direção do PT. Notei que ela havia sido tomada por aquele sentimento que põe o partido acima do povo e acima da nação (o grifo é meu). E aquilo era inconcebível para mim. Eu não podia dizer às pessoas que confiavam em mim que aquela direção levaria o país a algum lugar democrático... a síntese dessa visão hegemonista e gramsciana é totalmente autoritária e antidemocrática (é minha, a responsabilidade pelo grifo).
Eis aí, nas palavras de um ex-militante, a verdadeira face do Partido dos Trabalhadores: uma organização orientada pelos princípios de Antonio Gramsci, de caráter internacionalista, totalitário e que se rege pelos objetivos do Foro de São Paulo, dentre os quais o principal é a transformação dos países da América do Sul e do Caribe em uma União das Republicas Socialistas da América Latina (URSAL).
São mais que evidentes as demonstrações de que o PT coloca seus objetivos ideológicos acima dos interesses do Estado e da própria sociedade. Aí estão as obras em Cuba; o perdão de dívidas contraídas por países africanos e sul-americanos; a subordinação econômica aos interesses bolivianos, paraguaios, argentinos e venezuelanos; a busca da criação de um eixo econômico sul-sul; a crescente dependência das grandes empresas ao financiamento estatal, etc. Isso, para não falar do incentivo à luta de classes, na ocupação da administração pública por militantes (vinte e dois mil cargos de direção e assessoramento superior, os célebres DAS); as diferentes “bolsas” que, no mais das vezes, não oferecem maiores perspectivas aos que as recebem, criando uma vasta massa de manobra conforme pode ser constatado no 1º turno das últimas eleições. Mais recentemente, estamos assistindo às declarações de um ex-diretor da Petrobras revelando o que pode ser considerado o Caixa 2 do PT.
Está mais do que na hora de passar o Brasil a limpo, de afastar do poder aqueles que, sujeitando-se ao internacionalismo dos corifeus de uma ideologia ultrapassada, ameaçam o nosso futuro e o de nossos descendentes. Nos últimos tempos, tem ficando mais e mais evidente que o PT, talvez julgando favas contadas alcançar mais quatro anos no poder, deixa claro que pretende sobrepor-se ao Estado e, reduzindo a ação do Legislativo e do Judiciário, passar a governar apoiado nos “conselhos” criados e a criar pelo decreto lei 8243.  
Esta é a verdadeira face do PT, um partido político que busca alcançar o poder para transformar o Brasil numa satrapia cubana.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Por que votar na terrorista Dilma, se temos o Kamarada Mateus?

CAROS AMIGOS

VOU VOTAR NO AECIO, MAS ELE ESCOLHEU MUITO MAL O SEU VICE.
ACHO QUE, SE HOUVER UM BOM TRABALHO JUNTO À ESQUERDA RAIVOSA, O AÉCIO PODERÁ ANGARIAR ALGUNS VOTOS.
AFINAL DE CONTAS, O "MATEUS" É DO "TIME" E CONSIDERADO "HERO"I.
ABRAÇOS
PAULO ROBERTO
 PS: ATENÇÃO PETEZADA BURRA. VOTEM NA CHAPA AECIO/ALOYSIO. O VICE ALOYSIO É "CUMPANHEIRO DUS BÃO".


Foto:Geraldo Magela/Agência Senado

Aloysio Nunes Ferreira será companheiro de chapa de Aécio Neves e disputará o cargo de vice-presidente da República.
Começou a militância política em 1963 quando entrou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo. Logo depois do “golpe militar” de 1964, filiou-se ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), que, por ter sua existência proibida, atuava na clandestinidade. Formou-se bacharel em Direito em 1968.
Como o PCB se opunha à resistência armada contra a “Ditadura Militar” que se instalara desde 1964 no Brasil, Aloysio Nunes, assim como vários jovens da época que tinham ideais de esquerda, ingressou na Ação Libertadora Nacional (ALN), organização guerrilheira liderada por Carlos Marighella e Joaquim Câmara Ferreira, o Toledo.
Assumiu na clandestinidade o pseudônimo Mateus. Durante muito tempo foi motorista e guarda-costas de Marighella. As ações da Aliança Libertadora Nacional incluíram assaltos para angariar fundos que sustentariam a resistência armada. Em agosto de 1968, Aloysio Nunes participou do assalto ao trem pagador da antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Segundo relatos da imprensa da época, a ação ocorreu sem que houvesse o disparo de qualquer tiro. Aloysio Nunes foi o motorista do carro no qual os assaltantes fugiram do local com os malotes que continham NCr$ 108 milhões(US$ 21.600), dinheiro suficiente para o pagamento de todos os funcionários da Companhia Paulista de Estradas de Ferro. Em outubro do mesmo ano, participou do assalto ao carro-pagador da Massey-Ferguson interceptando o veículo na praça Benedito Calixto, no bairro paulistano de Pinheiros.
Sofrendo um processo penal em que já havia um pedido de prisão preventiva e com a possibilidade de que descobrissem algo sobre suas ações armadas, foi enviado a Paris por Marighella utilizando um passaporte falso Foi posteriormente identificado como guerrilheiro e condenado com base na extinta Lei de Segurança Nacional. Pretendia realizar um treinamento de guerrilha em Cuba, mas a gravidez de sua mulher o fez desistir. Tornou-se representante da Ação Libertadora Nacional no exterior e coordenou as ligações desta com movimentos de esquerda de todo o mundo Filiou-se ao Partido Comunista Francês em 1971 e negociou com o presidente Boumedienne, da Argélia para que brasileiros recebessem treinamento militar de guerrilha naquele país.
Pôde, finalmente em 1979, regressar ao Brasil devido à promulgação da Lei de Anistia, a qual beneficiou todos que cometeram crimes políticos de qualquer tipo, assim como aqueles que torturaram e mataram em nome da repressão, durante os anos anteriores da Ditadura Militar.

Leia os textos de Félix Maier acessando:
1) Mídia Sem Máscara
http://www.midiasemmascara.org/colunistas/10217-felix-maier.html
2) Piracema II - Nadando contra a corrente


Conheça a história do terrorismo no Brasil acessando:
Wikipédia do Terrorismo no Brasil


MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Uma seleção de artigos. Imperdível!


Acesse as últimas postagens de Félix Maier clicando em

1) Usina de Letras

2) Twitter
https://twitter.com/fmaier50

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A comissão Nacional da Meia Verdade e a Lei da Anisita

A COMISSÃO NACIONAL DA MEIA VERDADE E A LEI DA ANISTIA


Na seção “Dos Leitores” de sua edição de 12 de setembro de 2014, o jornal O Globo publica carta de autoria de Rui da Fonseca Elia, cujo teor é o seguinte:

“A lei que criou a Comissão da Verdade visava a buscar o ‘direito à memória e à verdade e promover a reconciliação nacional’ sem caráter jurisdicional e persecutório, observando o princípio da imparcialidade. Apequenou-se numa comissão de revanche. Entre suas ilegalidades contam-se: resolução interna que altera a dita lei, decidindo só apurar os excessos dos agentes do Estado, que combatiam guerrilheiros terroristas; intimar diretamente militares para depor ao arrepio da disposição do Código do Processo Civil, que determina que tal seja feito por ‘por requisição ao comando do corpo em que servir’; pedir punição disciplinar de oficiais reformados que se recusam a obedecer intimações ilegais, ignorando a súmula do STF, que assevera: ‘ Militar reformado não está sujeito à pena disciplinar’. Em vez de verdade e reconciliação, temos mentira e desagregação.”

O autor produziu um ótimo texto – simples, preciso e conciso.

Poderia ter acrescentado outras ilegalidades cometidas pela Comissão Nacional da Meia Verdade, que infringe a lei que a criou a partir da nomeação de comissários comunistas, que não têm a imparcialidade exigida pela lei, a alteração a seu bel-prazer do prazo abrangido pelas investigações, também contrariando a letra da lei, além de muitas outras de conhecimento público.

São tantas as ilegalidades, que os Clubes Militares estão entrando na Justiça requerendo o impedimento da publicação do relatório da CNV, por contrariar frontalmente o diploma legal que a criou.

Recentemente, por ação do Ministério Público, os esquerdistas estão propondo levar a júri popular cinco militares, sob acusação de delitos cometidos quando atuavam em órgãos de repressão à guerrilha e ao terrorismo. A Lei da Anistia, já ratificada em parecer do STF, não vale mais?

Não tenham dúvidas sobre o objetivo final da Comissão da Meia Verdade, ou seja, recomendar a revisão da Lei da Anistia, deixando de atingir os agentes do Estado e protegendo apenas os terroristas e guerrilheiros assassinos e criminosos, já quase beatificados.

Esta revisão também contraria uma série de dispositivos intocáveis do Direito, inclusive o que diz que a lei não pode retroagir para prejudicar ninguém – ou seja, quem já está anistiado não pode ser “desanistiado”.
A este respeito, não esqueçamos mais esta lição do mestre Rui Barbosa:

“A anistia, que é o olvido, a extinção, o cancelamento do passado criminal, não se retrata. Concedida, é irretirável, como é irrenunciável. Quem a recebeu, não a pode enjeitar, como quem a liberalizou, não a pode subtrair. É definitiva, perpétua, irreformável. Passou da esfera dos fatos alteráveis pelo arbítrio humano para a dos resultados soberanos e imutáveis, que ultimam uma série de relações liquidadas, e abrem uma cadeia de relações novas. De todos os direitos adquiridos este seria, por assim dizer, o tipo supremo, a expressão perfeita, a fórmula ideal: seria, por excelência, o direito adquirido. Ninguém concebe que se desanistie amanhã o indivíduo anistiado ontem. Não há poder, que possa reconsiderar a anistia, desde que o poder competente uma vez a fez lei.”

Leia os textos de Félix Maier acessando:

1) Mídia Sem Máscara
http://www.midiasemmascara.org/colunistas/10217-felix-maier.html

2) Piracema II - Nadando contra a corrente


Conheça a história do terrorismo no Brasil acessando:

Wikipédia do Terrorismo no Brasil


MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Uma seleção de artigos. Imperdível!


Acesse as últimas postagens de Félix Maier clicando em

1) Usina de Letras


2) Twitter
https://twitter.com/fmaier50